segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Pelo telefone...


Toca o telefone.Vou atender e começa uma daquelas usuais gravações que vão cuspindo um palavrório de 100 caracteres por segundo.Como eu estava com algumas peças de roupa na mão acabadas de serem recolhidas do varal, fui equilibrando o fone dum lado e procurando um apoio pra roupa de outro, enquanto ouvia meio ao longe a voz feminina desfiando um rosário.Ao conseguir finalmente prestar atenção, ouvi que aquela ligação era uma pesquisa e se a eleição fosse hoje em qual candidato eu votaria.Em seguida, elencou o nome dos candidatos da cidade indicando:" para Fulano tecle 1.Para Beltrano, tecle 2"...quando desliguei furiosa.

Acho um desmedido abuso ligarem pra casa da gente com uma proposta destas.Tá certo que as novas tecnologias derrubaram algumas antigas convenções, mas ainda assim, eu me reservo o direito do meu voto ser secreto ou no máximo declarado para pessoas do meu círculo pessoal.As campanhas estão invadindo espaços físicos e também privados como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Lendo o jornal de hoje havia uma declaração de gente envolvida no pleito sobre os descalabros que estão acontecendo entre os candidatos das cidades que detém os royalties do petróleo. A disputa está quase virando duelo de filmes de faroeste; tiro pra todo lado e salve-se quem puder.

Com muita tristeza vejo todo esta baixaria se perpetuando no cenário político das nossas cidades, do nosso país.Sou a favor da política, limpa, séria, democrática, aquela que garante os direitos civis e resguarda a nação.Votarei no dia 07/10 com a convicção de que o meu voto vai valer ao menos como prestígio para o meu candidato, conforme aconteceu com  Marina Silva nas eleições passadas.
Enquanto ia dobrando as roupas no cesto pra passar, Chico cantava no rádio:

"Eu fui fazer um samba 
em homenagem
á nata da malandragem
que conheço 
d'outros carnavais,
Eu fui à Lapa e 
perdi a viagem
qu'aquela tal malandragem
não existe mais.

Agora já não é normal
o que dá de malandro
regular, profissional,
malandro com aparato
de malandro oficial,
malandro candidato
a malandro federal,
malandro com retrato
na coluna social;
malandro com contrato,
com gravata e capital
e nunca se dá mal..."
***
Cruzei os dedos com vontade, desejando que estes versos finais se modifiquem.

Música: Homenagem ao malandro, Chico Buarque
Imagem: uol.com

16 comentários:

  1. Nossa, Calu, que disparate essa tal de ligação! É o cúmulo! Onde já se viu isso? fico indignada em saber disso! Quando teremos um povo menos corrupto a candidatos? Quando o nosso povo vai amadurecer e entender bem para votar certo? É uma lástima, mas tenhamos fé! Grande abraço! Beijos, querida Calu!

    ResponderExcluir
  2. Olá Calu e que tudo permaneça bem contigo!

    Eu penso que estamos próximos de delegar poderes para mais do mesmo, mas por outro lado sempre torço pra que algum destes mesmos desfaça este meu pensar, assim feito você!
    Desculpe invadir teu espaço sem qualquer convite, mas o caso é que estava comentando em outro blog e li teu comentário, e, sabe aquela curiosidade que temos em conhecer outras escritas, e, cá estou.
    Li alguns destes belos sentimentos escritos por cá e gostei deveras da simplicidade com que transpõe em palavras teu sentir com intensidade, com alma, mas caso considere inoportuna esta minha invasão, o espaço é teu, e, tem todo o direito de mandar meus humildes rastros a lixeira, porém não considerando abusiva minha invasão, esteja certa, claro que sem promessa de assiduidade, mas pretendo por cá retornar outras vezes e com teus textos me encantar!
    Assim agradeço desde já por compartilhar teus sentir escrito e desejo a você um viver de intensa felicidade, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  3. Amém, Calu, que assim seja!
    Estamos fartos dessa gentalha que se apoderou da política atualmente e que, além da sujeirada visual e física que se alastra por estes dias que antecedem às eleições, ainda invadem nosso sagrado lar. Ah, isso não! Eu faria o mesmo que você, uma telefonada nos ouvidos para tomarem vergonha na cara, onde já se viu, minha gente!!!
    Vou votar naquele que não tem dinheiro para gastar com propagandas, imagino assim que também não esteja roubando como estes tubarões que aí estão.
    Por aí já dá pra imaginar o nível de um sujeito desses, pois quem não tem respeito ao próximo, não se importa de estar sujando a cidade que ele quer governar nos próximos 4 anos, como pode então ser eleito um cara de pau desses?!
    Espero que as pessoas comecem a visualizar tudo isso e façam suas análises para não votarem mal, aliás, como o brasileiro vota mal!
    beijocas cariocas



    ResponderExcluir
  4. Infelizmente, não creio que essa desejada mudança possa acontecer. Ficou arraigada e é copiada de geração a geração.
    Essas pesquisas eleitorais também me tiram do sério. E nem sempre é gravação. Quando começam a falar digo que já escolhi o candidato e desligo.
    A cada eleição criam mais e mais razões para que desprezemos inúmeros políticos. Faço uso do meu direito e voto, consciente. Mas que está ficando difícil, concordo. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Calu ri lendo porque parece comigo aqui em casa,cheia de coisa pra fazer e bando de gente chata falando sobre candidatos,olha, aqui em Natal está um horror a campanha,doida que termine.
    quanto a letra de Chico antológica e atual .
    beijos
    bom dia

    ResponderExcluir
  6. É mesmo um horror e estamos vendo cada uma! Aqui no Sul um chargista colocou uma bem humorada charge onde ele falava à mulher que desfizesse as malas. Após ouvir a propaganda obrigatória, ele havia decidido não mais se mudar do Brasil,rs

    Tudo é maravilha! Depois? O povo sem saúde, educação, mas COPA e tantas bobagens mais, sim! beijos,chica

    ResponderExcluir

  7. Oi Calu!

    Amada, eu compartilho do mesmo sentimento. Está acontecendo uma certa confusão(ou invasão ) das campanhas políticas por aqui também. Já ligaram também pra minha casa, uma mocinha querendo saber em quem eu iria votar. Respondi com um " Não Sei e ela desatou a me indicar tal prefeito porque ele fez isso e fez aquilo...Gente... já nao basta o horário eleitoral, não?
    Eu gosto muito de usar o twitter, acho um meio de informação bem rápido para determinadas noticias locais. Mas nessa época de eleição, não estou entrando, pois há uma enxurrada de campanhas políticas e até disputas entre os membros defendendo alguns candidatos.

    Beijos,

    Selma.

    ResponderExcluir
  8. Calu,ontem tb recebi esse mesmo telefonema,mas desliguei antes de acabar a ladainha.É incrivel como invadem nossa privacidade e já era tarde da noite!Adorei seu desabafo e assino embaixo!Que o Chico possa fazer um samba diferente depois dessas eleições!bjs,

    ResponderExcluir
  9. As eleições se aproximam e fico brava como as propagandas são incômodas e como tem gente na disputa. Penso que esses cargoss não deveriam ter salários, mas fosse por disposição de melhorar o mundo. Enfim, vamos seguindo ...
    a tempestade se aproxima.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, minha amiga,
    Esses são os dragões postos à solta sem um pingo de cuidado!
    Eu atendi meu telefone o outro dia e era a voz do Eduardinho (gravada, claro!): "Alô, aqui é o ..." ! Que ódio! Claro que desliguei, né? E convenhamos que é outro abuso dos grandes receber o telefonema gravado do prefeito, ou de qq pessoa, pedindo votos, né não?
    "Assim caminha a humanidade", menina!
    Bjsssssssssssss, quérida!

    ResponderExcluir
  11. Privacidade é coisa que este povo desconhece ou fingem,como fingem ao dizer que farão algo que eles proprios sabem que não farão.
    Esta musica do Chico tinha endereço e continua ativa e viva endereçada.
    Voce fez bem Calu.
    Leite ruim na cara desta gente.
    Um abração e bela semana de paz e luz.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Calu!
    É sempre triste ver tudo isso aí e com probabilidade de não mudar, pois quem é hoje deputado já está preparando o filho vereador e por aí vai. Graças a Deus ninguém veio com essas pesquisas idiotas me incomodar. Aqui a campanha é horrível e como bem diz Yasmine torcemos para acabar logo.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. Atualíssimas as palavras do Chico, que triste para todos nós, não é mesmo?
    Sou muito educada, mas quando vejo que no telefone é algo do tipo, especialmente se é gravação, desligo na hora e nem fico perdendo meu tempo ouvindo sobre o tema. Detesto este tipo de invasão.
    Beijinhos amiga,
    Valéria

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que coisa desagradável viu Calu!? Isso ainda existe ne? pena...

    ResponderExcluir
  15. Minha querida Calu,

    Sabe, minha querida, a vontade que tenho é de dormir e só acordar depois das eleições...o dia inteiro nossos ouvidos padecem com esta propaganda política insuportável...à noite pelo menos temos um canal com a reprise da Casa das Sete Mulheres, que me agrada muitíssimo, mais que toda esta baboseira "gratuita".

    Ah, a müsica do Chico é uma lição para a malandragem de todas as épocas...sempre cai bem.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  16. Ah!Calu!!Eu queria tanto,também, ver uma política limpa, séria...nosso país seria tão diferente,né?!
    Mas somos bombardeados com propostas inviáveis e com políticos se acusando...
    Que coisa!

    Beijos,minha amiga!

    ResponderExcluir

Teu comentário é o fractal que faltava neste mosaico.
Obrigada por tua presença querida!