domingo, 3 de agosto de 2014

Diálogo











"__ Em que posso ajudá-la?
__ Não preciso de ajuda. Vim só olhar-te de perto!"


----------



Ainda que se desconheça o outro, um olhar mais de perto pode operar boas descobertas.


***

O Constante Diálogo


"Há tantos diálogos,
Diálogo com o ser amado
o semelhante
o diferente
o indiferente
o oposto
o adversário
o surdo-mudo
o possesso
o irracional
o vegetal
 o mineral 
o inominado.

Diálogo consigo mesmo,
com a noite
os astros
os mortos
as ideias
os sonhos
o passado
o mais que futuro.

Escolhe teu diálogo
e tua melhor palavra
ou teu melhor silêncio.
Mesmo no silêncio e com
o silêncio, dialogamos.

(Carlos Drummond)




¨¨**¨¨**¨¨



14 comentários:

  1. Drumond...sensacional, sou muito suspeita de opinar sobre ele, já que considero o maior poeta brasileiro.
    Beijos e uma ótima seman

    ResponderExcluir
  2. Diálogo com os olhos... tão necessário e nem sempre sabemos decifrar.
    Post lindo! Amei!
    Boa semana, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo,Calu! Belo e profundo significado nesse post! Adorei! bjs e como vão todos os netinhos? chica

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo post. Estamos em diálogo constante...
    bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi Calu
    Bom estar contigo, de novo.
    Obrigada pela visita e por esta mensagem na minha manhã chuvosa e mesmo assim tão bonita !
    Os diálogos_ vão ficando cada dia mais distantes... que saibamos recuperá-los _ seja remindo o tempo seja escolhendo a melhor maneira de seguir o poema,
    abraços , boa semana

    ResponderExcluir
  6. Oi, Calu, acho que o melhor diálogo é conosco mesmo, é como se para amarmos os outros tivéssemos de amar, primeiro a nós. Estando bem conosco teremos gás para os outros... Drummond é Drummond!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Bom dia,Calu
    Drummond...bela escolha e reflexão
    sim...esse diálogo,principalmente consigo mesmo e em silêncio, deveria ser constante, todo dia...penso que mesmo que (a proximidade e) o diálogo não mude em nada as convicções e práticas, ao menos pode harmonizar as diferenças...
    Obrigado pelo carinho,bela semana,beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Calu!
    Um "olhar" pro Drumond dispensa maiores comentários.
    Quanto à postagem: uma belezura!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, Calu. Adorei ler. Creio que o diálogo melhor seja conosco, o que não pode deixar de existir para a obtenção do autoconhecimento.
    Assim sendo, todos os diálogos são necessários.
    Provavelmente, com o que é oposto a nós, será bem mais complicado dialogar, uma vez que as ideias são muito irredutíveis.
    Ao menos, temos de tentar.
    Tenha uma semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  10. Calu,acredito que muitas vezes o silencio fala mais do que mil palavras! Linda poesia que escolheu! bjs,

    ResponderExcluir
  11. Diálogo sempre necessário, mas muitas vezes dificultado por tantos ruído.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Ô coisa linda a poética, desde a imagem a Drummond!
    O diálogo anda difícil nesta terra, as pessoas na era do curtir, preferem somente apertar a tecla.
    um beijo carioca

    ResponderExcluir
  13. que fantástica foto!

    gostei de todo o poste.

    :)

    ResponderExcluir

Teu comentário é o fractal que faltava neste mosaico.
Obrigada por tua presença querida!