domingo, 4 de maio de 2014

O olho da rua - tudo que vai e vem







O olho da rua vê 
a terra batida, 
 na raspa do asfalto,
pétalas caídas 
a colorirem o chão. 

Vê cacos desenhados,
bonito enfeites
da rua apressada
no passo corrido
das gentes de então.

Vê sutis naturezas
 nas flores, a beleza
que nos encanta
o dia, afago e 
magia.

Vê abraços,
afetos sinceros,
acenos e adeuses,
 olhares dispersos,
preces, encontros,
apertos de mão.

Vê no alto desenhos,
 dum céu matizado,
toldo infinito a
cobrir o viver.

Vê o mar exibido, 
crespo em rendas
com ondas bater
n'areia molhada,
terra marcada 
por cantiga rimada.

Vê de alto a baixo,
cada tantinho de
tudo que tem;
o olho da rua
atento anuncia
a vida pulsante
que vai e vem. 




¨¨**¨¨**¨¨











10 comentários:

  1. Estava há pouco olhando a minha rua e deu-me vontade de arruar, para ver o olho da rua...mas, vi melhor: uma linda e interessante poesia. Adorei!
    Bom domingo, beijos.

    ResponderExcluir
  2. Há de se ter sutilezas neste olhar para tanto encontrar e depois poetar!
    Beijo Calu.

    ResponderExcluir
  3. Aplaudindo esse vai e vem da rua mostrando VIDA que há em cada cantinho! LINDO! bjs, ótima tarde de domingo,chica

    ResponderExcluir
  4. Olhar sensível e poético. Lindo Calu!
    Bjs
    Marli
    Blog da Marli

    ResponderExcluir
  5. Ô belezura de poema, minha amiga!
    O seu olho da rua é muito atento, vê as belezas escondidas e que passam desapercebidas pela maioria, vê no abraço fraterno a forma de se abastecer de bons fluidos e de esperança, vê no mar tão perto a distância que nos separa de outros povos, vê a vida pulsando e quer estar nela incluída. Lindo seu olhar da rua!
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
  6. Lindo isso tudo, precisamos observar e aproveitar.
    Boa semana para você.
    joturquezzamundial
    Biejos.

    ResponderExcluir
  7. Calu, que beleza ter poesia no olhar!
    Adorei!
    Ótima semana
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida Calu
    A penúltima estrofe me disse muito e gostei de ver a leitura que fez sobre o mar: exibido!! Não tinha pensado nisso ainda... rs.. Legal!!!
    Vc é uma poetisa ímpar e delicada com as palavras...
    Seja feliz e abençoada!!!
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Versos curtos e sonoros, Calu, do jeito que eu gosto... tudo de bom!
    Abraço,
    Jussara - www.minasdemim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Vê tudo que a gente não vê rs...
    bjokas =)

    ResponderExcluir

Teu comentário é o fractal que faltava neste mosaico.
Obrigada por tua presença querida!