segunda-feira, 17 de junho de 2013

A rua é do Povo









Pra quem, como eu, fez panelaço e manifestações de protesto pacífico nas Diretas Já, pros jovens como as minhas filhas Cara-Pintadas, manifestantes de suas balizadas opiniões e justas reivindicações, a seu tempo e também hoje, perante este prolongado, até demais estado de violação permanente dos direitos básicos da população brasileira, do achincalhe diário a que somos submetidos pela inépcia e pelo descaso das autoridades públicas, pelo assalto contínuo dos ganhos do nosso trabalho, pela constante ausência de justiça e respeito ao cidadão, é que ponho a boca no mundo a repetir as palavras de ordem que emanam desta passeata oportuna, justa e democrática que nos últimos dias vem mostrando seu repúdio aos descalabros que só tem se avolumado ao longo das últimas décadas. 

Quem julgou que o povo estava acarneirado, hoje se espanta ao ver que apesar da demora, a juventude acordou e cheia de vigor e de razões para buscar um futuro digno e respeitado.Nem a repressão brutal os calou.O movimento se faz cada vez mais forte e presente unindo todas as gerações neste protesto veemente contra todos os absurdos acontecidos e prometidos. A pátria hoje,não calça apenas chuteiras, calça também as botas da indignação.Fora abutres da nação!Fora baderneiros infiltrados, a vilania de vcs não vai parar a manifestação pacífica!

Avante povo brasileiro! 

******** 
Imagens: educadores-diadia
1folha.uol
oglobo/online

27 comentários:

  1. Uma oportunidade excepcional de mudança.
    uma lição extraordinária para o próprio país que achava que a juventude protestava apenas do seu sofá pelo facebook.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Até que enfim, o povo tomou seu lugar na rua!!!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  3. O povo deve gritar, urrar, bradar,. O que fazem conosco é desrespeito. Temos que nos indignar. Apenas acredito que esses gritos, passeatas não podem ter quebra-quebra de patrimônio público, em geral feita por infiltrados no meio dos que estão gritando com justos motivos. Aqui foi muito feio o que aconteceu! Pena! Mas o grito é válido e não se pode calar nem deixar e escrever! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Oi Calu.
    Concordo com a Chica, o povo esta cansado de ser lesado sempre e grita por mudanças, acho que a redução da tarifa foi só uma fagulha do que esta por vir, agora depredar prefeitura, pichar ônibus e tanta baixaria não levara a lugar algum. Vi a reportagem de uma estudante dizendo que ficou assustada pois não era isso que ela e amigos queriam. Como escrevi lá no blog da Ana Paula: "Fico torcendo e desejando que tudo tenha um desfecho favorável ao povo. Não podemos perder a fé de tudo ser diferente e melhor para todos."
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Estava mais que na hora, né amiga! Cansei de ouvir amigos no exterior que dizem que somos um povo pacífico e sem luta porque não passamos por guerras na vida, mas o nosso dia a dia está virando uma guerra, um estresse em todos os sentidos, simplesmente porque o país está abandonado e sem reforço na educação, aí todo mundo faz o que quer, desrespeita em todos os níveis.
    Ficamos, claro, estarrecidos com os baderneiros que se infiltram, alguns pagos com certeza, por políticos e interesses, mas o que vimos hoje foi a massa total, em muitas cidades todos juntos com o mesmo ideal.
    Convido-a e aos seus leitores a verem o vídeo abaixo que está sendo veiculado para que todos entendam o porquê desta enorme manifestação, lá diz tudo:

    http://www.youtube.com/watch?v=AIBYEXLGdSg&feature=youtu.be

    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  6. Manifestações são um direito e há muitas razões para a revolta do povo. O que não se pode conceber são os abusos, seja por parte da polícia, seja por parte dos manifestantes. Destruir o patrimônio de terceiros e até bens públicos não condiz com uma luta digna. Que reivindiquem, gritem, peçam, até que sejam atendidos os legítimos interesses. Mas sabemos que muitos se aproveitam desses atos para cometer outros, intoleráveis. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá Calu. Boa noite.
    Eu sou totalmente a favor dos protestos, contudo, com a mesma ressalva da Chica, detonar patrimônios públicos e privados é totalmente antiético.
    Interessante que só agora a mídia veio destacar isto, pois, quem acompanha o Twitter, há um bom tempo a população tem ido às ruas protestar, desde que um fundamentalista religioso e racista tomou a frente da Comissão de Direitos Humanos com leis absurdas como "cura gay" totalmente rejeitada pela Psicologia como uma patologia, permitir a entrada apenas às pessoas "de bem" (em seu conceito tacanho, apenas evangélicos) até leis absurdas de exterminar os pitbulls.
    É, nem cachorro escapou desta.
    Houve e ainda haverá também diversas manifestações das feministas contra o absurdo Estatuto do Nascituro, mas isso, a imprensa televisiva não destaca... Ao menos, eu não vi.
    O que entristece é que, parece que ao contrário das Diretas Já e dos cara-pintadas que mencionou, não estou muito otimista. Petições online parecem não valer nada, eu desisti completamente de tentar assinar qualquer que seja.
    Há muito absurdo acontecendo e fico me perguntando se o jargão que a voz do povo seja mesmo a voz de Deus proceda.
    Abraço e até!

    ResponderExcluir
  8. Espero mesmo que o povo acorde, só não gosto dos baderneiros que estragam as manifestações pacificas mas precisamos mudar urgente...a hora é agora!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá Calu,
    Belo texto!
    Hoje pela manhã, vendo o jornal, fiquei arrepiada em ver tantas pessoas indo para as ruas em busca de mudanças.
    Já estava mais que na hora de bater as panelas para mostrar a indignação e mostrar a insatisfação generalizada de um povo que paga para não ter retorno.
    Apoio esse movimento... Apoio as manifestações... Pena que existem alguns baderneiros que se infiltram para atrapalhar e sujar algo que poderia ser de paz...Total!!!
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  10. Olá, calu! Espero que esteja ótima.

    Olha, seu texto está tão bem escrito, que até parece literatura... será que esta sua forma pacífica, trabalhada, linda, de protestar não atinge ao menos em parte o seu alvo?

    Como sabe, sou do "mato"... aqui no interior tudo é menor, mais calmo. O "Fiotão" foi a SP - capital a passeio no final de semana, e quase morri de medo, potencializado pela onda de manifestações.
    Hoje é tão fácil se perder o controle, até em viradas culturais já avacalhação... mas manisfestar é preciso, e necessitamos encontrar mecanismos eficazes e seguros.

    Foi muito boa a reflexão,
    Um abraço calminho.

    ResponderExcluir
  11. Oi Calu
    Muito oportuno este post minha amiga. Sabia que eu estava totalmente por fora kkkkk. Ontem eu estava no facebook, daí eu vi o que estava acontecendo, pq meus filhos que assistem aos desenhos da Disney e eu não estou muito no PC ultimamente, até me assustei com as cenas, mas tirando o vandalismo, concordo plenamente! É um absurdo o que pagamos de impostos, eu senti quando fui para a Argentina, um relógio que do Duty Free custava cerca de 350 reais, aqui no Brasil custa de 750 a 800 reais, o que encarece são o impostos, e para que? Sendo que se vc quer um atendimento melhor na saúde, tem que pagar plano de saúde, se quiser uma educação melhor para os filhos, tem que pagar escola!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  12. Olá Calu
    Muito boa a sua colocação diante dos fatos ocorridos. A indignação chegou ao auge. Mas fico pensando no Color que sofreu o impeachment e está aí de novo na política.
    Quando vamos realmente tomarmos as rédeas?
    Não gosto de violência e este lado nunca fica ausente, mas vamos a luta.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. apesar da aprovação da Cura Gay hj (coisa de Talibã, né) eu tenho mtas esperanças de tempos melhores no Brasil. tenho mesmo! não vai mais ficar tudo como sempre foi.

    um grande bjo pra vc, querida Calu!

    ResponderExcluir
  14. Calu, já vimos outras manifestações em outros tempos, talvez por isso eu esteja bem emocionada com a moçada na rua, exigindo mudanças. Sem bandeiras partidárias e pacíficos. Avante brasileiros!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo excelente texto,Calu!Temos que escrever e trocar ideias,assim vamos compreendendo cada vez mais o que se passa atualmente em nosso país.Bjs,

    ResponderExcluir
  16. Oiii Calu, eu vou fazer minhas as palavras da querida Chica! Bjooosss

    ResponderExcluir
  17. Olá, querida
    Estou aqui trabalhando nuns textos e antenada nos noticiários...

    ABAIXO:Abutres... baderneiros...

    Isso é detestável!!!
    Estavam nos querendo enganar (tapear mesmo) que tudo estava correndo a mil maravilhas com a proximidade da Jornada Mundial da Juventude, da Copa, das olimpíadas...
    O povo acordou... se revoltou, natural!!!
    Feliz de quem protesta pelo bem comum!!!

    Mas, cá ao pé do seu ouvido, amiga: que infeliz termos infiltrações violentas, sanguinárias "rodando a baiana" junto com tanta gente boa... que lástima!!!
    Sejamos abençoados!!!
    Bjm de solidariedade para nós!

    ResponderExcluir
  18. Calu,

    O gigante acordou, e desejo que pra sempre.
    Pena que demorou tanto. Tirando os baderneiros, acho muito positivo isso que está acontecendo.
    Um lindo dia! Beijos

    ResponderExcluir
  19. Muito bem Calu, todo movimento por liberdade,justiça,igualdade deve ser abraçado por todos e concordo que todos temos como participar e conscientizar da manifestação pacifica.
    Belo post.
    Um abração carinhoso amiga.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Calu! Embora não seja afeita a participar de manifestações, acho ótimo que os jovens como disse, acordem para a realidade insatisfatória e lutem por seus direitos, sem violência, porque só conseguiremos respeito se agirmos com respeito. Essa semana também me lembrou muito a época dos Cara-pintadas. Adorei seu texto...cheio de energia! Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Amei o seu texto.
    Finalmente o povo resolveu acordar. Inobstante as infiltrações de vândalos, acho que o resultado foi bom.
    Esta nova geração há de fazer mudar este país.

    Lindos dias para você.

    ResponderExcluir
  22. Que o gigante que acordou seja 100% pacífico!!
    beijos e vamos lutar pelos nossos direitos!!!

    ResponderExcluir
  23. OI Calu, texto pra lá de boca no trombone!
    Sincero, forte e incentivador. Sou a favor das manifestações pacíficas onde a razão se sobrepõe à violência.

    bacios bella
    Lu C.

    ResponderExcluir
  24. Calu:
    Me recordo da época dos Caras Pintadas.
    Semelhante situação estamos vivenciando atualmente.
    Com exceção dos vândalos, a manifestação tem um propósito e é isso que interessa.
    Tomara mesmo que essas vozes sejam finalmente ouvidas e que a mudança que todos os brasileiros desejam, sejam atendidas.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  25. Olá Calu, aqui.... e agora aí a luta é a mesma! O meu coração está com a vossa luta que no fundo é a de quem quer dignidade e respeito para com o seu povo que somos todos nós. Força Brasil! Beijinhos Ailime

    ResponderExcluir
  26. Oi Calu!

    Texto especial o seu. Eu admiro aqueles que vão pra rua e gritam pelos seus direitos, sem violência , é claro. Fico na torcida para que as coisas mudem. Embora tenha dúvidas sobre isso. Mas que tava bonito de ver o povo todo manifestando a indignação, isso estava. E a gente sabe que a desordem partiu dos bandidos e não dos protestantes.

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir

Teu comentário é o fractal que faltava neste mosaico.
Obrigada por tua presença querida!