quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Um guardado bem achado




" Prepare o seu coração, pras coisas que eu vou contar"... em seguida a esta pomposa introdução trago aqui um curioso acontecimento desta manhã. Por dias passados estive às voltas com a confecção de pequenos mimos pras algumas amigas(os) blogueiras.Dando tratos à bola,abri minha caixinha memorial de arteirices que já ousei fazer. Me resolvi sobre um modelo simples que alia cartonagem e utensílio. 

Pra quem não sabe, todas as peças envolvendo esta técnica parte de uma base de papelão grosso que precisa ser cortado por estilete nas medidas pretendidas. Pus a mão na massa desde o carnaval e finalizei anteontem toda a produção. Contei, recontei e satisfeita fui para os correios despachá-las. 

De volta em casa, resolvi rever a lista e, pra meu espanto, faltou uma peça...ainnn! Tudo bem, sem atropelos, é só preparar o faltante  e voltar nos correios. No primeiro corte do papelão esqueci o dedo no caminho, uiii. Nada sério, nem profundo, mas doído que só. Fiquei amuada pelos dois motivos, o corte e a incapacidade de continuar a confecção imediatamente.

Pra desestressar, fui arrumar o material, descartar raspinhas de papelão, limpar pincéis, recontar papéis, rearrumar as prateleiras destes guardados, etc e, nos tais dou com a pasta dos meus croquis do curso de cartonagem feito em 97. Que ótimo! Revirei-a todinha. Achei cada modelo que já fiz com todas as indicações e medidas.Um estouro! E, pra minha surpresa, lá no fundo dela havia uma placa de papelão, exatamente igual em medidas das que eu usei pras confecções atuais. Estava lá, quietinha, me esperando todos esses anos e, hoje, voltou às minhas mãos pra ser aprontada no mimo planejado  sem precisar de novos cortes. 

Guardando as devidas proporções, posso até classificar o episódio como " um recado meu pra mim". Uma grata redescoberta direto do túnel dos meus tempos de arteirices. Isto me enfeitou o dia.Um guardado bem achado!



( quintanaparasempre.blogspot.com) 



15 comentários:

  1. Calu, tu és mesmo um amor! Hoje no whatts qdo perguntaste sobre o nome da rua, Que tem um nome bem feliz,nem te falei...naquela Hora, de feliz só o nome da rua... Logo depois melhorei e voltei a ficar bem. Foi teu carinho !
    Agora vejo o Que te aconteceu... curiosa aqui e ainda bem não cortaste fundo. É que bom achaste uma peça igual...guardados questão achados na justa Hora! Bem bom!
    😘😘😘😘🐞

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga Calu!
      Choro de emoção e alegria...
      Momentos únicos onde pensamos nos amigos blogueiros não como apenas um número mas sim com amigos mais do que queridos e de alma.
      Fico com muita pena quando algum não nos compreende e sai do nosso caminho!
      Acredito no amor (no sentido maior da palavra - ágape- como eterno sim, mesmo que seja 'cafona' pensar e sentir assim para alguns )...
      Sabe, eu estou muito em comunhão contigo, amiga de alma, tenho aqui na minha escrivaninha os envelopes e vou subscritar pra mandar uns mimos também pois no Natal estava envolvida com mudança interestadual e não consegui...
      Como para amigos não há época pré determiada... sempre é dia de mimá-los, vamos adoçando o coração dos nossos e vivendo muito mais felizes pois é muito mais feliz dar do que receber, já nos ensinava o Mestre espiritual S. Francisco de Assis...
      Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
      Bjm de paz e bem

      Excluir
  3. Nada acontece por acaso, portanto o perdido (guardado) tornou-se salvação, rs,rs,
    Bom revê-la por aqui e por lá, rs,rs,

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, minha querida amiga Calu.
    Você me mata de curiosidade...rs
    Cuide do seu dodói, viu?
    Que ótimo que achastes a placa de papelão.
    Deixo aqui o meu carinho e mil beijinhos.
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Calu
    Esse achado veio em boa hora porque depois do pequeno acidente não poderia colocar em prática sua bela obra de arte. Cuide-se querida!
    Um afetuoso abraço amiga

    ResponderExcluir
  6. Oi Calu, senti a dorzinha do corte, ui!
    Mas se não fosse ele você não acharia seu papelão rsrs
    Tenha uma semana bem legal!
    blogjoturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá Calu, cortes muitas vezes podem ser vistos como uma depuração do sangue, mas dói.
    Não sabia deste seu lado nas artes e que bom, que motivada volta à elas. Amigos, colegas, gente que fazem nosso dia mais cheio e assim são musicas ainda que às vezes desafinam, mas é certo que nós também desafinamos.
    Uma semana maravilhosa com belas surpresas.
    Carinhoso abraço de paz.

    ResponderExcluir
  8. Felizmente vivemos em pleno século XXI, e as sangrias já não estão na moda (imagina os pobres doentes, já de si debilitados). Se até um pequeno corte nos atrapalha o dia. Com certeza as meninas vão adorar receber o seu mimo, sobretudo porque foi feito pelas suas próprias mãos.
    Beijinho, no seu dedo machucado
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  9. Visitando, gostando, admirando. Gosto da arte manual.

    .
    * É o teu coração um poema sem rima *
    .
    Deixo um abraço

    ResponderExcluir
  10. Oi Calu, que experiência interessante! (exceto pelo dedo machucado...)
    Direto do túnel do tempo.
    Parabéns pelo talento, não conhecia esse seu lado, depois mostre as fotinhos dos seus trabalhos, fiquei curiosa
    Ótima semana!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Nunca nada é por acaso... esse pequeno papelão... aguardava seu momento certo... para brilhar...
    Também fiquei curiosa, em relação a esses trabalhos... esta semana, vi uma reportagem de um artista no estrangeiro, cuja especialidade é fazer trabalhos em papel dobrado... em versões, tão pequenas... que parece quase impossível, imaginar como consegue tal...
    Um beijinho! E votos de rápidas melhoras!
    Ana

    ResponderExcluir
  12. Calu
    Um guardado bem achado é um tesouro !
    Deus tenha curado o seu dedinho para que possas fazer mais artes !
    Vou fazer como a Cristiane Marino meu pedido também : mostre suas artes para nós ! Estarei aguardando. Artes e palavras bonitas. Gostei !

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Ui!!! Cortes me dão arrepio! Desde cortes à faca, até cortes com papel! Ai, como é desagradável se cortar, né?!
    Sempre quis aprender cartonagem, mas quero muita coisa, quero tudo... mal dou conta de fazer o que "male e male" sei... rererere
    Depois de tudo isso, o mimo ficou mais valorizado ainda!

    ResponderExcluir
  14. Olá Calu que pena ,mas logo logo recupera, bom já recebi a sua lembrança e amei o bloco e amei o calendário tal e qual como eu gosto pequeno para ter perto de mim, chegou primeiro que os postais e encomendas de Natal, faz dia 12 de Maio faz cinco meses que enviei e só uma pessoa recebeu porque andou em cima da situação penso, começo a ter medo de enviar coisas, pois não tenho confiança embora tenha registado, beijinhos e um forte abraço

    ResponderExcluir

Teu comentário é o fractal que faltava neste mosaico.
Obrigada por tua presença querida!