sexta-feira, 1 de abril de 2011

Intensamente

Arte de Janet Hill


Tenho um instinto só meu. Gosto de viver assim, sem limites, fazendo a vida se moldar em mim.
 Brinco com o tempo, contrariando sua exatidão.

Nada pode ser sério demais. Sigo os ponteiros do meu coração. Sou de um jeito exagerado, sou o espanto por não ter na fala a pausa precisa.

Sou borboleta arisca, que arrisca,a espera da flor mais bela. Sou a cada minuto, a sugestão de um momento.

Sou sentimento, apego,carinho,a falta.
Por quanto tempo eu viver, seguirei achando que ainda não amei o suficiente.
Sou só eu mesma a todo instante.

Patty Vicensotti


16 comentários:

  1. Que jeito gostoso de ser!!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Ah essa menina Patty é tão linda... escreve com tanto coração...com tanta sensilibidade..

    Adorei o post, como tudo aqui!

    Um beijo, minha querida!

    ResponderExcluir
  3. Acho que todas nós, somos assim e nos reconhecemos assim ao chegarmos à maturidade! lindo isso! beijos,

    ResponderExcluir
  4. Lindo,adorei! beijos,ótimo fds!chica

    ResponderExcluir
  5. Que lindoo..um jeito simples mas ao mesmo tempo adorável.

    bjos *-*

    ResponderExcluir
  6. É este um dos motivos que te admiro e me deixo cativar por ti.
    Bjus e boa noite

    ResponderExcluir
  7. Oi, Calu
    Lindo poema, elegendo a intensidade, a leveza, o risco como a grande "setotonina" da vida. Bela escolha.Gostei bastante dos versos da Patty Vicensotti, não a conhecia. Você é brilhante nas suas escolhas. Beijos com muito carinho!

    ResponderExcluir
  8. Calu

    Saudades de vc!!!
    Sou meio assim....sem lenço, sem documento mas com muita segurança em tudo que faço.
    Nem o tempo, nem a idade "me curam" dessa tal liberdade...
    bjos
    Laurinha

    ResponderExcluir
  9. Um pouco de cada uma está contido nestes versos, né Estela?
    Uma linda semana p/ ti.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  10. Linda Sam,
    somos movidas a sensibilidade, com certeza.
    Linda semana p/ ti.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  11. Falou e disse, Glorinha,
    há um pouco de cada uma na fala poética.Isso nos constitui.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  12. Somos tbém almas afins,Chica.Achei tão lindo que quis repartir com vcs.
    Que bom que gostou.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  13. Né mesmo, Rakel?
    Uma simplicidade cativante.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  14. Obrigada Soninha, por todo carinho expresso tão lindamente.
    Tbém sou cativada por ti, linda.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  15. Fiquei vaidosa com o elogio, Lena.
    A Patty tbém é novidade pra mim, vou pesquisá-la mais, porém, em se falando de escolhas, vc é mestra no assunto.
    Bjkas.

    ResponderExcluir
  16. Permaneça incurável deste hábito, Laurinha,
    ele te constitui bela e feliz!
    Bjkas.

    ResponderExcluir

Teu comentário é o fractal que faltava neste mosaico.
Obrigada por tua presença querida!